Diretoria do Sinter e sindicalizados de Caracaraí se organizam para reativar a Subsede do sindicato naquele município

Durante visita realizada por representantes da diretoria do Sinter (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Roraima) na última segunda-feira, 20/06, ao município de Caracarai, e após dialogar com os professores sindicalizados daquela localidade, ficou acertada a reativação da Subsede do sindicato no município. De acordo com a diretora-geral do Sinter, Josefa Matos, o diálogo permanente com a base sindical das escolas e Centro Educacional de Caracarai foi determinante para a reativação da subsed do Sinter no município. "Percebemos nas nossas conversas, que há uma grande necessidade do funcionamento dessa subsede para resoluções de problemas dos sindicalizados. E em comum acordo com a base, decidimos pela reativação. Agora estamos só concluindo uns ajustes estruturais para que os trabalhadores em educação sindicalizados possam utilizar…

0 Comentários

Sinter realiza Workshop de Oratória para sindicalizados e dirigentes nesta sexta-feira, 10/06/2022

  Com o objetivo de facilitar a comunicação verbal e não verbal dos dirigentes sindicais e trabalhadores em educação sindicalizados, o Sinter (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Roraima) realiza nesta sexta-feira, 10/06, um workshop de Oratória. O evento que será realizado gratuitamente na sede da entidade sindical, terá duas turmas, uma pela manhã, iniciando às 8 horas, e outra de tarde, iniciando às 14 horas. E será ministrado pelo representante da maior agência de oratória da América Latina, Voc2you, através de uma parceria com o Sinter, com o palestrante Wendel Oliveira. Conforme o instrutor, o evento será ministrado através de uma metodologia participativa, com atividades teóricas e práticas, e abordagem sobre a capacidade da leitura não verbal, capacidade de gerar um…

0 Comentários

Representantes das escolas sindicalizados ao Sinter repudiam o Novo Ensino Médio

Durante o Encontro de Representantes de Escolas realizado no último final de semana, com sindicalizados ao Sinter (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Roraima), foi aprovada a publicação de uma nota de repúdio contra a implantação do Novo Ensino Médio. Conforme os trabalhadores em educação no evento, a realidade estadual demonstrou ser inviável à aplicação do projeto do Novo Ensino Médio em seu formato atual. E uma das principais críticas é em relação a diminuição da carga horária de disciplinas do ciclo de formação básica em prol de outras disciplinas ou ciclos formativos. "A inserção de novos eixos de conhecimento é bem-vinda, desde que não em detrimento da formação básica do aluno, que é seu direito básico: o aluno deve poder escolher…

0 Comentários