Sinter participa de reunião para discutir direitos dos professores estaduais aposentados

Na manhã desta terça-feira, 14/09, a diretoria do Sinter (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Roraima) esteve reunida com representantes da SEED (Secretaria Estadual de Educação), SEGAD (Secretaria de Estado de Gestão Estratégica e Administração) e do IPERR (Instituto de Previdência do Estado de Roraima), para tratar de assuntos de interesse dos professores aposentados da rede estadual de ensino.

Entretanto, o assunto central da reunião foi quanto a atualização das progressões horizontais e verticais dos professores já aposentados e dos que estão em vias de se aposentar.

De acordo com a professora Josefa Matos, diretora geral do Sinter, diante do número elevado de professores aposentados nos últimos meses e do quantitativo dos que estão prestes a se aposentar, é necessário que o Governo do Estado priorize a regularização da vida funcional desses servidores, visando a manutenção dos direitos dos professores.

“Temos um quantitativo grande de professores já aposentados e outro tanto que já pode se aposentar e nossa luta é para que essas progressões sejam atualizadas o quanto antes para que não haja prejuízo financeiro aos aposentados. Por isso estamos cobrando uma solução imediata para essa situação”, afirmou Josefa Matos.

Conforme a representação do IPERR na reunião, ja foi solicitada uma orientação técnica para o TCE (Tribunal de Contas do Estado) para a elaboração de um Plano Piloto, para solucionar caso a situação dos professores aposentados e dos que estão por se aposentar no tocante ao pagamento das progressões horizontais e verticais.

Por sua vez, a representação do IPERR informou que assim que as progressões forem concluídas o professor aposentado vai receber o retroativo junto com atualização referente ao início da aposentadoria.

Professora Josefa informou que o Sinter já vem reivindicando o pagamento do retroativo das progressões pela via judicial. E que a entidade sindical vai iniciar uma campanha de esclarecimento aos professores – que estão prestes a se aposentar – para que antes de ingressarem com o pedido de aposentadoria verifiquem o andamento do seu processo nas comissões relacionadas.

Quanto ao prazo para que essa reivindicação antiga do Sinter seja atendida, tanto a SEED quanto a SEGAD informaram que aguardam a resposta e orientação do TCE, através de uma nota técnica, para que os procedimentos a serem feitos sejam os corretos e não prejudiquem nenhum trabalhador.