Sinter convida trabalhadores para 27° Grito dos Excluídos e Excluídas

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Com o litro da gasolina custando quase R$ 6,00, o poder de compra do roraimense cada vez reduzindo mais, a instabilidade na energia elétrica, cerca de 600 mil brasileiros mortos pela Covid-19, a direção-geral do Sinter participa do 27° Grito dos Excluídos e Excluídas.

O Sindicato convida os trabalhadores em educação para participar do ato que ocorre na Praça Fábio Marques Paracat, a partir das 7h30 deste dia 7 de setembro. A edição deste ano tem como tema a ‘vida em primeiro lugar’.

Além de protestar por saúde, comida, moradia, emprego e renda, os participantes pedem o impeachment do presidente Jair Bolsonaro.

“Chamamos toda a sociedade para participar deste ato em defesa de direitos. Não podemos nos calar para os mandos e desmandos de um governo que não pensa no trabalhador, que ataca os poderes e retira direitos dos brasileiros”, frisou Josefa Matos, diretora-geral do Sinter.

Coordenado pela igreja católica e os movimentos sociais, o Grito dos Excluídos e Excluídas ocorre em todo o Brasil.