SEED aguarda nomes das secretarias para nomear comissão do PCCR dos técnicos educacionais

SEED aguarda nomes das secretarias para nomear comissão do PCCR dos técnicos educacionais

4 de novembro de 2020 Off Por Pablo Sérgio

Durante reunião realizada há poucos dias com a secretária de Educação, Leila Perussolo, a diretora geral do Sinter, Josefa Matos e a diretora do departamento dos técnicos educacionais, Leonilde Lima Cavalcante, questionaram quando a titular da Secretária Estadual de Educação (SEED) irá nomear a comissão para a elaboração do PCCR (Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração) dos técnicos educacionais.

Leila Perussolo lembrou que a nomeação da comissão era uma reivindicação já apresentada pelo Sinter e que em função dos contratempos causados em decorrência da pandemia a comissão ainda não havia sido formada. Na oportunidade ela disse que estaria encaminhando ofício solicitando mais uma vez que os titulares da SEPLAN e da SEGAD encaminhem os nomes de seus representantes que irão compor a comissão.

“Como o Sinter já tem sua representação para compor a comissão do PCCRR dos técnicos educacionais e a secretária de educação também já indicou o seu representante na comissão, que será o senhor Rangel de Lima Barbosa, resta-nos cobrar e aguardar a indicação dos dois representantes das duas secretárias para que possamos iniciar o trabalho tão aguardado por nós técnicos”, esclareceu Leonilde Lima Cavalcante.

Sobre os trabalhadores em educação que não estão podendo exercer suas funções em decorrência de problemas de saúde ou por estarem no chamado grupo de risco, a secretária informou que o procedimento continua sendo o mesmo, ou seja, o trabalhador pode apresentar o laudo médico diretamente ao gestor escolar, de preferência com requerimento explicando o motivo pelo qual está afastado da função.

“Importante esclarecer que o trabalhador em educação pode apresentar um laudo antigo, uma receita do remédio que utiliza ou mesmo qualquer coisa que a pessoa tenha que comprove que o servidor seja de risco”, explicou Josefa Matos.

Quanto a reivindicação apresentada pelo Sinter para que os testes rápidos para Covid-19 sejam realizados também para os trabalhadores em educação lotados nas escolas dos demais municípios e também nas comunidades indígenas, a secretária de educação na mesma hora fez a solicitação ao secretário de saúde para que a reivindicação fosse atendida já no decorrer das próximas semanas.