SINTER INFORMA! AÇÃO DA CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SOBRE A GID

O SINTER repudia as informações falsas lançadas nas redes sociais afirmando que a referida ação prejudicará os professores que ingressaram no concurso público após o ano de 2003. Tal informação não possui qualquer fundamento, pois a Decisão Judicial concedida em 1ª instância a favor do SINTER determinou única e exclusivamente a restituição dos valores descontados indevidamente, de modo que, não tem o condão de alterar a base de cálculo para aposentadoria do professor, que é feita pelo IPER de acordo com a legislação previdenciária estadual vigente. Portanto, independentemente da data de ingresso no serviço público, nenhum professor contemplado na Ação será prejudicado em sua aposentadoria, pelo contrário, a Ação Judicial está garantindo um direito do professor que teve desconto indevido da contribuição previdenciária sobre…

0 Comentários

Sinter reúne com membros da Comissão de Educação da ALERR para reivindicar reposição salarial anual

Na tarde desta quarta-feira, 13/10, a direção do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Roraima (Sinter) participou de reunião presencial com integrantes da Comissão de Educação da Assembleia Legistativa de Roraima (ALERR), deputados Evangelista Siqueira e Catarina Guerra, visando discutir prioritariamente a reposição salarial anual dos trabalhadores em educação para que seja incluída no orçamento de 2022. Apesar de tratarem de outros pontos de pauta de interesse da categoria, a representação sindical informou que no momento a prioridade junto à Comissão de Educação é garantir o percentual de reposição salarial para 2022 tendo em vista que a última reposição ocorreu em 2016 e os servidores já acumulam um prejuízo de mais de 40% de perdas de reposição anual, sem contar com o…

0 Comentários

Sinter na luta pela reposição salarial anual

Neste momento estamos em reunião com o presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa de Roraima, deputado Evangelista Siqueira, discutindo a necessidade de garantir a reposição salarial dos trabalhadores estaduais no orçamento de 2022. Está é uma das pautas prioritárias para os servidores estaduais que possuem um déficit de mais de 33% de reposição a que os servidores têm direito desde 2017. Nos dá direção Sinter estamos na luta para garantir que o reajuste salarial aconteça. Josefa Matos Diretora do Sinter

0 Comentários