NOTA DE ESCLARECIMENTO – Sobre o Processo do Imposto de Renda.

NOTA DE ESCLARECIMENTO – Sobre o Processo do Imposto de Renda.

16 de dezembro de 2020 Off Por Comunicação SINTER
Prezadas professoras , caros professores ! Boa noite .
Cumpre-me expor aos senhores o posicionamento do nosso processo do imposto de renda .
Nessa missão, informo aos senhores que o processo ainda se encontra a disposição da PFN, nas mãos do Procurador Chefe , para exarar seu parecer. Cheguei a contatar com a procuradoria mas a resposta seria pra aguardar . Considerando ainda , que o processo precisa aguardar a manifestação da justiça do trabalho , lamentavelmente devo reconhecer a impossibilidade técnica deste pagamento ocorrer ainda este ano. Ratifico que fiz o que pude para que isso ocorresse , todavia , a necessidade de corrigir os cálculos e a demora da contadoria na primeira aferição, foi fator determinante para este atraso. Por outro lado , quero afirmar e desafio quem prove o contrário que fui eu quem deu causa ao não pagamento neste ano, em face de ter juntado o levantamento que fiz junto à receita federal para aferir os CPF’s , bem como a juntada dos contratos daqueles que respeitaram a decisão tirada em assembleia geral no Sinter e posteriormente ratificaram tal decisão de pagarem meus honorários, como prova do reconhecimento pelo meu trabalho deste o início do processo até a presente fase de liquidação, o que agradeço de coração, seja o motivo do não pagamento ainda neste ano. Digo isso , porque há muitos comentários maldosos de pessoas que não têm nenhum compromisso com a verdade , muito menos respeito aos senhores, que ficam propalando mentiras a esse respeito . Até chegaram a se vangloriar, achando-se emocionadas ao vender uma mentira deslava de que a Doutora Elena Fortes da AGU iria mandar pagar na terça feita, acaso eu me manifestasse nos autos . Embora sabedor que nunca coube a AGU falar nestes autos , muito menos que a Doutora Elena, com toda sua experiência e zelo pelo seu nome , jamais afirmaria uma blasfêmia deste jaez. Mas, como mentiras tem pernas curtas , logo a verdade prevaleceu, quando restou claro e evidente que o processo estava a disposição da PFN ( como sempre falei), e não à AGU, como afirmaram esses pseudo-advogados que sequer chegaram a se habilitarem pra cursar direito, muito menos obtiveram aprovação no exame de ordem. Apenas confundem a cabeça dos senhores , com mentiras e bravatas.
Ainda sobre o processo 054/90, primeira ação da isonomia, quero dizer aos senhores que se encontra com a desembargadora relatora no TRT 11a. Região , em Manaus/AM, para julgamento do recurso que interpusemos contestando os cálculos , pois ficaram muito aquém destes fixados na 2a. Ação da Isonomia . E tenho certeza absoluta que sairemos vencedores , assim como fomos nesta ação do imposto de renda .
Por derradeiro, quero desejar um feliz natal a todos e desejar que no ano vindouro realizemos todos os nossos sonhos, e dentre eles, ainda no mês de janeiro , que os senhores recebam o que lhes é de direito desta ação do imposto de renta. Uma boa noite .
Fiquem com DEUS .
 
Departamento Jurídico Sinter