Comissão do Enquadramento do PCCRDEB, formada por representantes do Sinter e da SEED, foi empossada nesta quarta-feira

Na manhã desta quarta-feira, 08/06, os membros da Comissão de Enquadramento do PCCRDEB (Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração da Educação Básica) dos Técnicos em Educação, fomada por representantes do Sinter (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Roraima) e da SEED (Secretaria Estadual de Educação), foram empossados e terão 90 dias para desenvolverem suas funções.

O evento aconteceu no auditório da SEED e contou com a presença de dirigentes sindicais e do titular da Secretaria de Educação, professor Nonato Mesquita, que deu posse aos membros da comissão.

De acordo com Nonato Mesquita, a conquista histórica do PCCRDEB dos técnicos educacionais é fruto da maturidade e da articulação política da direção do Sinter, sob a direção da professora Josefa Matos e das diretoras do departamento dos técnicos em educação do sindicato, que só sossegaram quando a publicação da nomeação da Comissão saiu no Diário Oficial.

“A direção do sindicato foi incansável na luta para garantir que os técnicos educacionais fossem atendidos nesta reivindicação histórica. Por isso, digo que os técnicos educacionais estão de parabéns duplamente, primeiro por estarem conquistando um sonho antigo e, segundo, por estarem bem representados através da direção sindical”, destacou Nonato Mesquita.

Na oportunidade, a diretora-geral do Sinter, professora Josefa Matos, fez questão de dizer que o PCCRDEB é fruto da organização, da mobilização sindical e de um trabalho coletivo que envolveu muita gente, além dos dirigentes sindicais e dos técnicos educacionais.

“Temos consciência que esta importante vitória para os técnicos educacionais é resultado de um trabalho coletivo, do sindicato, do Poder Legislativo e do Poder Executivo. E não é porque reconhecemos ou agradecemos o apoio recebido por parte das autoridades, para uma luta de mais de dez anos, que deixamos de ser um sindicato combativo. Continuamos firmes e fortes em defesa dos interesses da nossa categoria de trabalhadores em educação”, afirmou Josefa Matos.

Ela fez questão de lembrar que tão importante quanto os alunos e os professores, os técnicos também são fundamentais para o bom funcionamento do processo ensino-aprendizado e que muitos não acreditavam que o Sinter conseguiria conquistar o sonho do PCCRDEB. “Muitos nos criticavam e apostavam no fracasso de nosso trabalho e hoje o resultado está aí. Cerca de 800 pais e mães de familia serão beneficiados com essa conquista, fruto do trabalho sindical e isso quer dizer que estamos no caminho certo”, desabafou Josefa Matos.